ASITAC/PM

Bem vindo:visitante 

NOTÍCIAS E DESTAQUES

» ASITAQUIANO HOMENAGEADO PELA RAINHA ELIZABETH II - É motivo de orgulho para o Brasil, para a Polícia Militar do Estado de São Paulo e em especial para a Turma84 ter um dos seus integrantes, no caso o Cel PM Maurício, homenageado por ninguém mais do que a Rainha da Inglaterra Elizabeth II, que faleceu no último dia 08/09/2022 e foi a rainha mais longeva do mundo (70 anos e 214 dias), perdendo apenas para o rei Luís XIV da França (72 anos e 110 dias).Esse feito merece o registro histórico e a reportagem feita pela Rede Família de Televisão retrata esse momento e o vídeo pode ser visualizado nesse link do Youtube.

» ENCONTRO DA TURMA EM CAMPOS DO JORDãO - No período de 25 à 28/08/2022 ocorreu o encontro anual da Turma no Hotel Satélite em Campos do Jordão. Neste ano tivemos a participação de 24 asitaquianos, com destaque para 2 integrantes de Mato Grosso do Sul (Alberto MS, Arnaldo, Camilli, Cardozo, David MS, Dias, Fernando José, Godoy, Jefferson, Lacorte, Manhani, Mathias, Mauro Roberto, Messina, Mungo, Pegoraro, Perez, Rolim, Santana, Severo Suzuki, Ulisses, Wagner e Wanderley). Durante o encontro foi realizada a assembleia geral ordinária da Associação e a partir de 01/01/2023 a Asitac/PM estará com um novo presidente, o Maurício (ou Perez para alguns). Desejamos um excelente trabalho ao nosso novo presidente nessa gestão de 2023/2024.

» O SIGNIFICADO DE “TURMA” PARA OS MILITARES - Para aqueles que não conseguem entender o que significa "Turma" para um militar, segue a mais racional explicação:
Ser da mesma "Turma" dá orgulho aos companheiros.
Consideramos como uma estranha força, que repousa na origem comum da formação profissional, nos quarteis/Escolas/Academias Militares, e que potencializa os sentimentos de irmandade e fraternidade.
Percebemos que essa outra força vigorosa surge pela própria existência da Turma.
Então, o que é “A Turma”? Qual o sentido desse valor?
Buscando nos dicionários a definição do que seria “TURMA” encontramos explicações como:
“um grupo de pessoas que realizam um mesmo trabalho”, ou “bando”, ou “cada um dos grupos de soldados servindo no mesmo ano, alunos matriculados numa mesma classe ou num mesmo ano escolar ” ou, ainda, “turno”.
Está claro que os editores de dicionários desconhecem o verdadeiro significado do verbete aplicado nos quarteis e aos alunos das Escolas Militares.
Para nós, camaradas de armas, Turma é muito mais!
Turma é identidade, é símbolo, é comunhão, é analogia.
Turma é marca registrada!
A Turma nos distingue no tempo e no espaço profissional. Coloca-nos na fila dos direitos e dos deveres previstos na lei.
É ordenação hierárquica que nos faz perder a individualidade e nos abriga na coletividade.
Turma, para nós, é parentesco, é confraria espiritual, é propriedade (minha Turma, nossa Turma) e, acima de tudo, é referência.
A Turma nos reporta a um passado comum, ao fascínio da mocidade, aos sonhos da juventude, às experiências similares, àquela intimidade confidencial, ao compartilhamento das alegrias e tristezas, dos sorrisos e das lágrimas.
Na Turma, a gente encontra aqueles que dividiram noites indormidas, crepúsculos radiantes, madrugadas operativas, superações do medo, fracassos e incertezas, bem como dividiram o doce sabor do retorno ao final de jornadas duras e extenuantes.
A "nossa Turma" é aquela que nos acolhe onde quer que vamos ou estejamos.
Solidária, ela nos impõe comportamentos e obrigações, mesmo quando já passados os tempos do serviço ativo.
A Turma nos iguala a nós mesmos, ainda que possamos estar em circunstâncias diferentes.
Uma realidade incontestável: a Turma nos requalifica.
Nela, passamos a ser um número, um nome de guerra, isso quando não somos rebatizados com novo prenome (os apelidos).
A Turma teima em contrariar o ciclo da vida, não permitindo nosso envelhecimento. A cada encontro, reunião ou comemoração, voltamos a ser jovens, regredimos no tempo!
Por vezes, a "Turma" nos traz dor e sofrimento quando um irmão parte e nos dá a sensação de perda irreparável.
É, isso!
Forte abraço à todas as Turmas de todos os tempos!!!

» ÁLBUM DA TURMA - Nosso amigo James criou um album com fotos da turma, ele mandou a seguinte msg via whatsapp: "Boa noite pessoal, criei um Álbum da Turma no Google Fotos, que já está com 1.088 fotos. Tem foto que foi postada no Face, no Whatsapp... tem as que eu tirei nas viagens da Turma e tem as fotos-de-fotos, da época da Academia.O álbum pode ser acessado pelo link abaixo. Se quiserem, podem adicionar mais fotos ao álbum. Um abraço!" - acesse o link do Álbum

» RENDIMENTOS DE SEGURO - Como é do conhecimento da Turma, nosso amigo Wanderley ofereceu um percentual para a ASITAC quando houver a formação de um grupo de seguro. Assim sendo quando você for renovar o seu seguro faça uma cotação sem compromisso com o Wanderley. Na maioria das vezes os seus preços serão os melhores do mercado e ele trabalha com todas as seguradoras e todos os tipos de seguros. Maiores informações JPW Seguros - Av. Washington Luís, 5644 - Santo Amaro - Telefone: (11) 3422-3638 - WhatsApp +55 11 99628-0335

ANIVERSARIANTES

 • 04 » VIDIGAL
 • 04 » FUKUI
 • 05 » MOYSÉS
 • 05 » EVARISTO
 • 10 » GUSTAVO
 • 12 » BRILHO
 • 12 » RENATO BOTELHO
 • 13 » GERALDO
 • 15 » TERREAGA
 • 16 » CUNHA
 • 21 » VICENTE
 • 22 » MAÇUMOTO
 • 23 » GABELLINI
 • 23 » MUNGO
 • 23 » BIZARRO
 • 24 » SATOSHI
 • 25 » IAMASHITA
 • 27 » INTERLICHE
 • 27 » NILO
 • 27 » BRITO JÚNIOR
 • 28 » JOSÉ GONÇALVES
Patrono da Turma

PATRONO DA TURMA

Leia mais...
Clique para ver a placa de 25 anos

JUBILEU DE PRATA

Leia mais...
Viages e eventos

VIAGENS E EVENTOS

Leia mais...

Patrono da Turma

2º Ten PM Carlos de Almeida Chagas, promovido a 1º Ten PM por ato de bravura e a Cap PM "Post Mortem"

No dia 01 de dezembro de 1979, por volta das 20 horas, quando voltou para casa no bairro de Vila Medeiros, após ter participado da festa de aniversário de sua irmã, a esposa e filhos de Jonas, um pedreiro de 62 anos, encontraram a porta trancada. Diante da insistência da família para que abrisse a porta, Jonas, que estava armado e embriagado, disparou um tiro que quase atingiu a cabeça do filho mais velho, que imediatamente foi pedir apoio policial no 39º Distrito Policial, tendo então o delegado de plantão solicitado o concurso da Polícia Militar. O Ten PM Almeida Chagas, Ronda Oficial do 5º BPM/M chegou no local e tentou negociar, mas após várias tentativas sem efeito e diante da agravante da embriaguez e da ameaça de haver novos disparos, acompanhado do Sd PM Devanir, decidiu entrar na casa onde foram recebidos a tiros. O Ten PM Almeida Chagas foi baleado por 3 vezes, socorrido ao Hospital das Clínicas foi atendido e submetido a cirurgia; porém horas depois, por volta das 5 horas, não resistiu aos ferimentos e veio a falecer. No confronto o pedreiro Jonas e o Sd PM Devanir também saíram feridos, sendo socorridos ao Hospital Santo Antônio, onde foram atendidos, o pedreiro Jonas morreu e o miliciano ficou internado sem risco de vida.

menu principal